Já se ouviu muito falar em Business to Business (B2B), Business to Consumer (B2C), Marketing 2.0, 3.0 e tantos outros termos que ditam a melhor forma das empresas se comunicarem com seus clientes. Há tempos já se estuda e analisa o comportamento das pessoas chegando à conclusão de que o humano, o pessoal, atrai muito mais. E a partir desse pensamento consumidor, criou-se a nova tendência de trabalho na área da comunicação: o Human to Human (H2H).


Traduzindo para o português, Human to Human significa de pessoa para pessoa. Nada mais é que um atendimento humano, feito por pessoas e entregue para outras pessoas. Por exemplo: você já comprou algum produto pela internet que recebeu em casa e junto com o item havia um cartão com o seu nome? Isso é uma estratégia de marketing humanizada, pois o cliente pensou em você na hora de fazer o produto. Aposto que a reação que você teve foi de dizer “aiii que bonitinho” e possivelmente publicou um story no Instagram falando sobre isso. Se você não fez isso, calma! Outras milhares de pessoas fazem isso por você diariamente.


Outro exemplo: na internet, quantas vezes você já viu grandes marcas respondendo comentários nas redes sociais? Tchã-rãm! Outra estratégia de marketing H2H. Isso atrai os consumidores, viraliza na internet e gera o engajamento que toda marca sonha em ter.


Esses são alguns dos milhares de exemplos que poderíamos dar para explicar o H2H. Essa comunicação mais pessoal, mais real e próxima, não serve apenas para bonito ou para gerar engajamento e visibilidade. Ela pode ser utilizada também na área comercial para atrair clientes. Com um e-mail mais direcionado, reuniões e visitas personalizadas… o mundo é da criatividade!

Devo abandonar tudo e focar apenas no Marketing Human to Human?


A resposta é não. Você precisa das redes sociais, dos anúncios, da publicidade em si. O marketing Human to Human funciona para o momento após, quando o cliente já está com você. Em outras palavras, essa estratégia é justamente para confirmar se a sua mídia está correta e funcionando. O cliente ainda é atraído pela sua divulgação mas o fator humano é que faz ele preferir a sua marca e não a do concorrente.
Com as mídias tradicionais e digitais você chega até o cliente, conhece seu público e divulga o seu negócio para o mundo. Através do H2H você fideliza, engaja e transforma a sua marca em uma aliada na vida destas pessoas. Deu pra entender?


O marketing H2H nada mais é que RELACIONAMENTO. Pessoas se comunicando com outras pessoas. O mundo está mais tecnológico? Sim! Mas as coisas ainda são feitas por pessoas e as relações sociais sempre vencem.

Aposte no Marketing H2H para a sua empresa.


Dicas para se comunicar com o Human to Human:

Pense no seu cliente.
Entenda o que ele busca, suas necessidades, gostos e principalmente: foque em entregar o melhor produto para ele.

Construa canais de interação com o consumidor.
A principal ferramenta do H2H é a fala, a conversa. Para isso acontecer, é preciso estabelecer canais de comunicação e interação com o seu público. Será nas redes sociais? Então esteja presente lá! Será por e-mail? Responda rápido para que ele saiba que você está ali.

Seja correto, mas não seja formal.
A gente ama quem escreve bonitinho, mas não precisa forçar a barra. Uma linguagem educada, correta, mas simples, vai deixar você mais próximo do cliente. Importante: saiba identificar a linguagem de cada rede social. Em comentários, tente usar o bom humor. Um bom exemplo disso é a Netflix! Se você não ama a comunicação deles está na hora de rever seus conceitos, amigo.

Tenha empatia. Principalmente para resolver problemas.
Se colocar no lugar do cliente é a melhor opção para uma boa comunicação, inclusive na hora de resolver problemas. Entenda que nem ele nem você gostariam de estar ali. Escute o seu cliente, seja transparente na comunicação sempre que possível e ganhe o cliente ali, na empatia e na solução do problema.

Quer saber mais sobre essa e outras estratégias?
Chame a SMT Comunicação! Ficaremos felizes em ajudar você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *