Conteúdo para rede social

Um meme não cai bem para o LinkedIn, né? Assim como no Twitter as pessoas optam por ver memes e opiniões rápidas, as famosas tretas. Cada rede social tem o seu conteúdo e cabe a nós, profissionais da comunicação, identificar qual é o tipo mais adequado para o seu negócio. Vamos falar abaixo sobre os tipos de conteúdo para cada rede social – as quatro principais para o mercado das empresas:

Conteúdo para Instagram

O Insta é o queridinho dos influenciadores e é uma rede baseada em fotos e vídeos, que tem um forte engajamento principalmente agora com o Reels. Um ótimo conteúdo para o Instagram é utilizar o Story para compartilhar os bastidores, público que utiliza a sua marca e ações que estejam acontecendo no dia a dia. No feed, poste conteúdos objetivos e fotos, muitas fotos!


Conteúdo para Facebook

Ainda sendo a rede social mais popular e utilizada do mundo, o Facebook tem a opção de você criar uma página corporativa, ou seja, uma página para a sua marca. Mas por ser a mais utilizada, não significa que você pode colocar tudo o que quiser lá. É uma rede social também voltada para a interação social e os algoritmos do Facebook filtram os assuntos que estão sendo mais falados entre as pessoas. Por isso, foque em conteúdos de engajamento: faça promoções, enquetes, brincadeiras de curtir e comentar, teste o seu público. Fale sobre os diferenciais da empresa, publique notícias, volte o seu conteúdo àquilo que o consumidor busca. As ferramentas do Facebook podem te ajudar nisso!

Conteúdo para Twitter

O Twitter possui o limitador de caracteres, então já podemos dizer que o conteúdo aqui será rápido e objetivo. É focado nas notícias em tempo real ou assuntos específicos, como notícias de fofocas, entretenimento. O público busca informações sobre assuntos da atualidade e o que determinadas pessoas estão falando sobre isso, mas também buscam o humor e o entretenimento. Evite falar muito sobre um mesmo assunto. Utilize o Twitter para informações rápidas, atualizações do seu negócio e interação com os consumidores.

Conteúdo para LinkedIn

A paixão dos empresários, o LinkedIn é justamente voltado para este público. Empresários, profissionais do mercado dos negócios e um canal de relacionamento entre empresas. É também, para algumas pessoas, um canal de vagas de emprego. Não deixa de ser verdade, afinal as empresas estão ali e é ali que elas irão recrutar seus funcionários: principalmente para posições grandes. O conteúdo? Voltado para negócios, é claro. Economia, indústria, o mundo corporativo está no LinkedIn. Se essa for a sua área, use e abuse de conteúdos nesta rede.


AS REDES SOCIAIS NO BRASIL – CONHEÇA OS PÚBLICOS DE CADA UMA

Homem e mulher - perfil de público

Você sabia que são mais de 130 milhões de usuários brasileiros no Facebook? E que por isso o Brasil se torna o terceiro país mais ativo do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e a Índia. De acordo com informações do Facebook Business, 60% dos usuários têm entre 35 e 54 anos e 51% do público se identifica como mulher.

Já no Instagram são 69 milhões de brasileiros, também com o público feminino em alta – 59%. 89,4% das marcas estão presentes no Instagram, de acordo com o Social Media Trends de 2019. O público jovem se faz presente nessa rede, com 40% dos brasileiros tendo mais de 13 anos e 35% entre 25 e 34 anos. Há quem diga que o Instagram é a rede social do “quem tem mais”, por se tratar de fotos, vídeos e a ferramenta de Story que você compartilha o que faz durante o dia.

O Twitter tem 27 milhões de contas ativas e 66% delas se identifica como homens. Se comparado com o Instagram, as marcas não apostam tanto assim. O investimento das empresas e marcas no Twitter é de apenas 30%. O que pode fazer sentido, tendo em vista que 78% do público diz que prefere o Twitter para acompanhar apenas notícias em tempo real.

O queridinho dos empresários, LinkedIn, possui 43 milhões de brasileiros na rede e 47% das marcas e empresas estão presentes com um perfil comercial. O público em alta são jovens adultos entre 25 e 34 anos, correspondendo a 60% do público brasileiro. Legal, né? Mais ainda é que o Brasil é o terceiro maior produtor de conteúdo em vídeo da rede, então já sabemos em que tipo de conteúdo investir.

_______________

Gostou das dicas e curiosidades sobre conteúdos nas redes sociais? Aproveite e siga a SMT nas redes e fique por dentro de tudo o que acontece na agência! @smtcomunicacao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *